Saúde presta contas do 1º quadrimestre de 2019
Data : 24/05/2019 20:05:02

A Secretaria de Saúde realizou na sexta-feira (24), no plenário da Câmara Municipal, a audiência pública para prestação de contas, referente ao primeiro quadrimestre de 2019. O secretário, Gleberson Miano, juntamente com a equipe do Fundo Municipal de Saúde, expôs todas as movimentações financeiras e apresentou os balanços detalhados sobre os serviços que foram prestados referentes ao período. Estiveram presentes, além de servidores públicos da Secretaria de Saúde e Fusame, conselheiros municipais de saúde e os vereadores, Wellington Rezende, Thiago Martins, Pedro Peol, Thiago Brochi, Gualter Amado e Odir Demarchi.

De acordo com a apresentação, durante os quatro primeiros meses de 2019 a Secretaria de Saúde recebeu R$ 58.450.695,60 em receitas referentes aos recursos destinados pelos três entes federativos. Desse total, o maior volume teve como fonte o próprio município, que destinou o montante de R$ 47.762.192,34. O Governo Federal contribuiu com a quantia de R$ 10.444.142,51 enquanto o Estado investiu apenas R$ 244.360,75. Já as despesas foram na ordem de R$ 47.581.261,76.

Os mandados judiciais foram responsáveis pelo maior gasto dentre as despesas com materiais de consumo. Somente para a compra de medicamentos e materiais, por ordem judicial, a secretaria desembolsou R$ 2.539.598,44 durante os últimos quatro meses. Em relação às despesas com prestações de serviços a maior soma foi para custear a cesta básica dos servidores da pasta, que tiveram um gasto de R$ 3.042.368,27 no período analisado.

Determinada pela lei federal nº 141, de 2012, e também pela lei municipal nº 5.717, de 2015, a audiência pública é um dos pilares do controle social para o SUS (Sistema Único de Saúde). Nela, os gestores devem detalhar as ações e investimentos realizados, bem como as áreas onde foram gastos todos os recursos recebidos das três esferas de governo.

Voltar

Untitled Document